Arquivo do mês: outubro 2014

Gênesis

Genesis

Nossos olhos conversam por vias
Ignoradas por todos os outros:
Somos o dialeto da melancolia flamejante.

Dois pares de pequenos universos castanhos
Pulsantes em doçura e desejo entre si,
Eretos no silêncio intenso
De uma paixão ruinosa,
A mais irresistível.

Você me faz criar coisas lindas
Inclusive, cada beijo nosso
(E estes versos).

– – –
Você pode ouvir o poema recitado por mim aqui.

Anúncios

Segredo de dois

Nossa música sussurra:
Há algo a ser vivido,
Lembranças a serem guardadas.

É tão singular, tão intenso,
Que nasce pronto
Para morrer.

Ignora a busca por felicidade
Com gosto de sangue nos lábios
E um sorriso no rosto.

Inunda corpos de fogo,
Afoga resquícios de culpa,
Faz lembrar: somos humanos.

– – –
Você pode ouvir o poema recitado aqui, por mim.